Home Blog
Consumo e Produção Responsáveis
Consumo e Produção Responsáveis

O 12º ODS tem como objetivo assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis. Isso implica em promover uma gestão mais eficiente dos recursos naturais, reduzir o desperdício, minimizar a geração de resíduos e incentivar práticas sustentáveis em toda a cadeia produtiva. Além disso, o ODS 12 busca conscientizar e engajar empresas, governos e consumidores na adoção de comportamentos mais responsáveis em relação ao consumo de recursos e produtos. É essencial para garantir um futuro sustentável para as próximas gerações.

 

O desperdício de alimentos é um dos problemas mundiais. Conforme dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) apontam que 33% da produção alimentícia mundial é perdida anualmente.

 

No ranking, o Brasil figura entre os dez países que mais desperdiçam. Segundo dados da Embrapa de 2018, cada brasileiro joga no lixo anualmente cerca de 41,6 quilos de alimentos. Essas proporções geram sobrecarga ao meio ambiente, pois a produção é maior do que o consumo, assim causando a perda e o desperdício.

 

Para que possamos enfrentar o desperdício, não somente de alimentos mas na cadeia produtiva em geral, é crucial que adotemos medidas que promovam mudanças nos padrões de consumo e produção.

 

Encorajar a reciclagem, reduzir o desperdício e adotar práticas de consumo responsável são igualmente essenciais para avançar em direção a padrões mais sustentáveis até 2030.  

 

Investir em tecnologias limpas e ecoeficientes na produção, além de praticar os 3 R’s (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) como consumidores, são medidas necessárias para promover uma produção e consumo mais responsáveis e sustentáveis. 

 

Cada tonelada de plástico reciclado, por exemplo, contribui para a economia de uma tonelada de petróleo, destacando a importância de nossas escolhas individuais na construção de um futuro mais sustentável. 

 

No contexto dos países em desenvolvimento, é crucial abordar o tema do consumo e produção responsáveis com uma compreensão das disparidades globais de consumo. Enquanto os países de alta renda, representando apenas 15% da população mundial, consomem aproximadamente 56% dos recursos globais, os países de baixa renda, que abrigam 40% da população, contribuem apenas com 11% desse consumo. 

 

Uma das metas do Décimo Segundo Objetivo de Desenvolvimento Sustentável é direcionada especificamente aos países emergentes: “Apoiar países em desenvolvimento para fortalecer suas capacidades científicas e tecnológicas, visando a transição para padrões mais sustentáveis de produção e consumo”. Essa meta reflete o entendimento de que os atuais padrões de consumo adotados pelos países desenvolvidos são insustentáveis e não devem ser replicados pelas nações em desenvolvimento.

 

Fonte: ONU, FAO, EMBRAPA

Outras matérias relacionados
Giro ABAV: São Luís
Ler mais
ABAV em Pauta
Ler mais
GIRO ABAV: Uberlândia
Ler mais